segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Não passaram, não passam, não passarão!

Não sou ingênuo suficiente para não saber que o embate eleitoral opunha apenas modelos idealizados de projetos políticos, pouco próximos da realidade, portanto, distantes daquilo que acredito ser a verdadeira política. Mas nessa disputa o clamor social encarnava claramente dois lados: aquele dominado pelo ódio e pelo desespero e aquele dado à integração e à solidariedade. Foi por isso que tomei um lado.

Foi bom ver a velha imprensa estrebuchar sem conseguir vencer mais uma vez. Está sendo bom ver azelite e as nem tão zelite assim destilando ódio e se expondo de forma tão aberta ao ridículo. É bom ver, e melhor ainda saber, que os xenófobos e os odientos sociais, ocupam agora apenas o lugar que lhes cabe: a poltrona atrás de uma tela de computador fazendo seu louvado protesto.

Não passaram, não passam, não passarão!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Posts relacionados

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...